Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Barra Funda

Em tempos de Covid19,Bom Prato tem 3 refeições/dia

Imagem
Em tempos de coronavírus, com comércio parado e pouca gente circulando por São Paulo, quem mais sofre é a população de rua e subempregados, que perambulam aos milhares pela cidade, muitos deles pela Barra Funda.  Para minorar um pouco essa situação, pelo menos no tocante à alimentação, o governo estadual deterninou que, a partir desta quarta-feira, 1º de abril, todos os 59 restaurantes do Bom Prato vão passar a servir café da manhã, almoço e jantar. Projeta-se que em todo o Estado serão  2,4 milhões de pessoas alimentadas a R$ 1 no almoço e no jantar e a R$ 0,50 no café da manhã, atendendo justamente as  pessoas que mais precisam, por estarem  situação de rua, desempregadas, sem renda ou com uma renda mínima. A medida valerá pelos próximos 60 dias, até o dia 1º de junho. Serão 60% a mais em refeições, em um investimento de R$ 18 milhões do Governo do Estado. As refeições serão servidas em embalagens descartáveis, já que não é possível se alimentar nas próprias unidades. As

Grafites trazem cor e alegria à “passarela do medo”

Imagem
O “SÃO” São Paulo - Festival de Graffiti , uma ação que envolveu mais de 150 artistas urbanos, das 9h às 20h deste domingo, 1º/12, encheu de cores e imagens inspiradoras o quilométrico muro da Rua Capistrano de Abreu e a passarela sobre os trilhos da CPTM, que liga a Barra Funda Alta à Barra Funda Baixa, e vice-versa. No que se refere à passarela, o sonho de consumo dos moradores das imediações é que ela seja revitalizada, de forma a dar uma sensação maior de segurança, de vez que ela é um verdadeiro bunker, o que facilita a ação de marginais contra quem se aventura a utilizá-la. Normalmente malconservada e suja, a passarela que liga a Rua Luigi Greco à Rua Capistrano de Abreu, sobre os trilhos da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, na Barra Funda, tem motivado reivindicações por sua melhoria tanto da Paróquia de Santo Antonio da Barra Funda quanto da recém-criada Associação Barra Funda Viva . Por isso, embora não seja o ideal, a intervenção artística na passarela

Festa de Santo Antonio tem ponto alto nesta 5ª

Imagem
No palco, shows como o de Marlene Andrade. Nas barracas, gostosuras de dar água na boca Sucesso de público e animação desde sua abertura, no início do mês, a tradicional Festa de Santo Antonio, em homenagem ao padroeiro da paróquia que leva o nome do santo na Barra Funda,  chega ao seu ponto máximo neste dia 13 de junho, quinta-feira. Nesta data, em que se comemora o Dia de Santo Antonio, haverá missa às 8h, 10h, meio-dia e 15h. A partir de 18h30, uma procissão iniciada em frente ao Clube Raul Tabajara (Rua Anhanguera, 484) seguirá até a Paróquia, onde uma missa encerrará a programação religiosa da festa. Ao longo de todo o Dia de Santo Antonio, haverá quermesse no trecho da rua em frente à igreja, com muitas guloseimas características das festas juninas e a já famosa macarronada das nonas da Barra Funda. Tudo isso e mais brinquedos para a garotada, brechó de roupas, barracas de churrasco, quentão, cachorro quente, entre outras gostosuras, além de um show musical à noit